Ir para conteúdo do site
Siga

Ir para conteúdo

Prefeitura de Carazinho - RS
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Notícias
Principal   Notícias
 

01/07/2017
Ministro do Trabalho esclarece sobre a Reforma Trabalhista

         A Câmara de Vereadores foi palco de uma grande discussão, sobre a Reforma Trabalhista, com a presença do Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira que expôs a visão do Governo nestas alterações. A audiência contou com a presença de diversas autoridades municipais como o prefeito Milton Schmitz; presidente da Câmara Estevão De Loreno; secretário de gabinete Jorge Dutra; secretário de obras Alexandre Capitânio; assessor jurídico da prefeitura Antônio Azir; secretária de assistência social Andréia Schmitz; vereadores Clayton Pereira, Daniel Weber e Tenente Costa; presidente da ACIC Jocélio Cunha; presidente do Sindicar Moisés Santos; presidente da Fundacentro Paulo Arsego e comunidade em geral.

    A abertura do evento foi feita pela presidente da Câmara de Vereadores Estevão De Loreno que deu as boas vindas ao Ministro que se dispôs a trazer essa discussão para Carazinho. Além disso, prestou uma homenagem ao trabalhador assassinado na última sexta-feira, durante um assalto no bairro Ouro Preto.

   Em seguida, foi à vez do Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira que expôs todas as questões da Reforma. Entre elas levantou os questionamentos são feitos pela comunidade. Destacou que o trabalhador tem que ter o poder de escolha no tempo de intervalo para o almoço de uma hora e meia para meia hora e sair mais cedo. Na reforma, conforme o Ministro, “pode ser alterado se for benéfico para o trabalhado”. Falou do transporte, “o trabalhador pode escolher o transporte, de forma mais vantajosa para si, precisamos atualizar as leis, modernizar ela com o que vem acontecendo no século XXI, com outras profissões. Por que essa geração que está vindo não pode ter direito a CLT trabalhando de sua casa, por efetividade?”, questionou Nogueira.

   Outro assunto bastante discutido e desmentido pelo Ministro foi quanto às férias: “Quer tirar as férias é 30 dias, com acordo coletivo, possibilita o trabalhador a gozar de seus dias em três períodos”.

   Após a explanação, foi a vez do prefeito Milton Schmitz fazer o uso da palavra o qual destacou a doação do Ministro para melhorar o país “pode usufruir de sua família para se doar a uma causa, assim como a minha, buscando melhor para Carazinho, no seu caso para o país”. Em seguida, o prefeito declarou seu apoio ao que vem sendo proposto quanto a reforma trabalhista, que na sua visão, vem para melhorar e não prejudicar o trabalhador. “Sabemos que não irá dar uma rasteira no trabalhador, pois tem o maior respeito aos trabalhadores. Da mesma forma eu nunca irei fazer isso com o servidor público municipal, pois da mesma forma os respeito pelo trabalho que fazem pela comunidade”, concluiu.

   Na sequência foi dada a palavra ao presidente da ACIC e HCC Jocélio Cunha, usar o espaço para seu pronunciamento. Na oportunidade, disse ter conversando com algumas autoridades de Passo Fundo, onde foi “unanimidade o apoio ao Ministro”. Por isso, parabenizou o Ministro pelo trabalho e, declarou que “as pessoas aqui presentes entendem que estas alterações nada atingem o trabalhador”.

   O presidente do SINDICAR Moises Santos também usou a palavra e destacou um ponto importante desta reforma que não vem sendo comentada como  o empregador não poder mais dar férias a partir de sexta, “pois o trabalhador perde dois dias das férias, no sábado e domingo, com essa alteração só pode ser dar férias a partir de segunda a quinta”, afirmou. Além disso, fez uma crítica, uma vez que “as pessoas que dizem que não deveria ocorrer esta reforma não estão aqui presente”.

    O advogado César Souza, membro da comissão de ética OAB estadual pediu o espaço para falar “como cidadão” e dar um depoimento pessoal. Inicialmente disse do orgulho de poder dizer que o ministro “é nosso conterrâneo”. E em seguida defendeu que “se nessa reforma quem vai perder eu diria que é a nossa classe, de advogados, pois creio que essa reforma diminuirá esse ‘ganho’ do escritório”. Contudo, afirmou que não se pode somente “pensar só em nosso umbigo, temos que nos reinventar”. Além disso, concluiu dizendo que o Ministro “não está olhando as próximas eleições e sim as próximas gerações”.

Após isso, foi aberto à comunidade o espaço para questionamentos, onde todas as dúvidas foram sanadas pelo Ministro, onde garantiu que estas mudanças não irão prejudicar os trabalhadores e nem retirar direitos.

 

Autor: Assessoria de Comunicação Câmara de Vereadores

 
 
 
 
Prefeitura de Carazinho-RS
SIGA-NOS
endereço
ENDEREÇO
Av. Flores da Cunha, nº 1264
CEP: 99500-000
atendimento
ATENDIMENTO
De Segunda-feira a Sexta-feira das 8h15 às 11h45 e das 13h30 às 17h00.
contato
CONTATO
(54) 3331-2699
prefeitura@carazinho.rs.gov.br
newsletter
NEWSLETTER
Inscreva-se para receber, em seu e-mail, informativos da Prefeitura de Carazinho
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia