Notícias

11 . 01 . 2018

Academia de Letras de Carazinho pode se tornar realidade

 

A reunião para tratar do assunto ocorreu na noite desta quinta-feira, dia 11, na Biblioteca Pública Dr. Guilherme Schultz Filho, que recebeu os escritores carazinhenses. No início das atividades, o coordenador da Biblioteca, Lúcio Martins Pinto, saudou a todos dando boas vindas e comentando sobre a espetacular mobilização dos escritores, em seguida prestou homenagem a secretária, Sandra Citolin, falecida no início do ano, através de um minuto de silêncio e a oração do Pai Nosso.

 

Diversos procedimentos importantes sobre a futura Academia de Letras foram abordados neste encontro. Ficou decidido que uma comissão de cinco autores irá fazer um esboço estatutário, no dia 19 deste mês, sendo que no dia 31/01/2018, às 19h, na Biblioteca, será apresentado o modelo para todos os escritores interessados, para ajustes se necessários e definições da parte organizacional acordada pelos presentes.

 

Poesia

 

Também durante o encontro o escritor, Pery Sommer Pereira, leu uma mensagem emocionante em forma de poesia, enviada em especial ao evento pelo poeta Odilo Gomes: ''AOS AMIGOS DAS LETRAS - Coragem! Denodo! Desafios! No objetivo que não se cansa, e nesta literária ousadia, que bem logo venha, sem tardança, o ''Instituto ou Academia''. 

 

Aniversário de Carazinho

 

Os escritores aproveitaram a oportunidade para definir alguns critérios referentes a participação do aniversário do município, do dia 24 de janeiro, a partir das 15h, no Mini Centro Cultural (quiosque da praça), onde haverá a demonstração das obras literárias e momentos de autógrafos.

 

Presenças

 

Os escritores participantes da reunião foram: Lourival Limberger, Roberto da Cruz, Pery Sommer Pereira, Alexandre Dorigoni (Afobório), Jana Lauxem, Marinilce Schmitz, Ivânio Martins, Ervino Wogelmamm, Nivaldo da Silva, Fátima Dorneles, Sônia Delavy da Luz, Cláudio Francisco Rech e Anderson Soares do Santos.

 

Autor: Assessoria de Comunicação